BLOG

Esopo – O Cavaleiro Careca

Certo homem calvo ia a cavalo usando uma peruca no alto da cabeça.

Em dado momento o vento, soprando forte, arrebatou-lhe os falsos cabelos, provocando as gargalhadas daqueles que presenciavam o ocorrido.

Então o cavaleiro, parando o seu cavalo, disse-lhes:

“Por acaso é de estranhar que esses cabelos, que não são os meus, me deixem, se eles abandonaram o seu verdadeiro dono, no qual nasceram?”

Eis que ninguém se deve afligir com as contrariedades que lhe acontecem; realmente, aquilo que não se possui por natureza, desde o nascimento, não se pode conservar: nus nós viemos, nus nós partiremos.

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: