Um site que ajudou 65 mil pessoas não pode morrer

A sinergia projetor consciente e a assistência extrafísica

sinergia projetor consciente

O sinergismo projeção lúcida–interassistencialidade (sinergia projetor consciente) é o conjunto de efeitos positivos, potencializadores e recíprocos, gerados pela vivência sistemática da projetabilidade associada ao exercício interassistencial, promovendo a dinamização e ampliação dos respectivos autodesempenhos teáticos da conscin, homem ou mulher.

  1. Potencialização mútua projeção lúcida–interassistencialidade.
  2. Sinergismo projeção consciente–interassistencialidade.
  3. Sinergismo Projeciologia-Interassistenciologia.

As 3 expressões compostas sinergismo projeção lúcida–interassistencialidade, sinergismo inicial projeção lúcida–interassistencialidade e sinergismo avançado projeção lúcida–interassistencialidade são neologismos técnicos da Projeciologia.

Antonimologia: 1. Dissociação projeção lúcida–interassistencialidade. 2. Interação projeção consciente–assedialidade.

Estrangeirismologia: o Projectarium; o rapport interconsciencial assistente-assistido; a manutenção do foco na interassistência full time.

Atributologia: predomínio das percepções extrassensoriais, principalmente do autodiscernimento quanto ao emprego das projeções lúcidas para fins assistenciais.

Ortopensatologia. Eis, 3 ortopensatas, citadas na ordem alfabética, e classificadas em 2 subtemas:

  1. “Interassistencialidade. A empatia é a base da interassistencialidade”. “A interassistencialidade faz a profilaxia da solidão”.
  2. “Projetabilidade. Os amparadores extrafísicos transmitem grande intensidade de energias conscienciais (ECs) ao projetor, quando projetado com lucidez, a fim de realizar trabalhos assistenciais na extrafisicalidade. Conforme vai exteriorizando as ECs, a conscin projetada, ao final dos trabalhos, retorna ao soma completamente restabelecida, com autoconsciencialidade e reabastecimento do energossoma”.

Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da projeção assistencial; os benignopensenes; a benignopensenidade; os harmonopensenes; a harmonopensenidade; os ortopensenes; a ortopensenidade; os conviviopensenes; a conviviopensenidade; os parapensenes; a parapensenidade; os lucidopensenes; a lucidopensenidade; os autopensenes assistenciais da conscin projetora direcionados ao assistido.

Fatologia: a autorganização intrafísica possibilitando horário na agenda para dedicação à saída lúcida do soma e ao exercício da interassistência; o aumento das rememorações projetivas fornecendo informações úteis para assistência a outras consciências; o perfil assistencial auxiliando no acolhimento de consciências no decorrer de projeções conscientes; a autabnegação da conscin projetora em prol da assistência; o foco assistencial nos alvos mentais da agenda projetiva; as rotinas de estudo; a satisfação benévola sentida pela conscin projetora após a realização da assistência.

Parafatologia: a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; o emprego da sinalética energética pessoal no momento da assistência; a prontidão assistencial durante a projeção lúcida; a convivência junto aos amparadores extrafísicos em decorrência da assistência, auxiliando na qualidade e frequência das projeções conscientes; o investimento contínuo na autossustentação energética; a intervenção de amparador extrafísico na aplicação de técnica projetiva com a finalidade de sair do soma com lucidez; as projeções assistenciais em série; as projeções assistidas; a valorização da paraconvivialidade sadia; as rotinas parapsíquicas úteis; o aprendizado haurido através da projeção consciente interassistencial; o gabarito projetivo conquistado a partir da sequência de projeções assistenciais; a doação de energias homeostáticas desbloqueando e potencializando o energossoma, facilitando as projeções conscientes; a manutenção da serenidade durante o período projetivo; a desenvoltura projetiva sendo condição catalisadora para o desempenho da assistência avançada; o contato com o assistido no extrafísico; a transfiguração do psicossoma da consciex assistida, para melhor, no momento da assistência; a carência de energia consciencial por parte da consciex assistida; a assistência às consciexes orientada por amparador; a ampliação da lucidez extrafísica do assistente no momento da assistência; o equilíbrio mental da conscin assistente projetada diante da consciência assistida; o banho de energia recebido pelo projetor após a assistência realizada; a conquista da amparalidade extrafísica a partir da assistência realizada; a intensificação da autodefesa energética; a projeção lúcida ocorrida durante a prática da tenepes; o engajamento no trabalho desenvolvido por equipex interassistencial; o desenvolvimento da projeção consciente interassistencial sendo auto-herança da conscin para as próximas vidas.

Detalhismo

Sinergismologia: o sinergismo projeção lúcida–interassistencialidade; o sinergismo autopesquisa na projeção consciente–autopesquisa na interassistencialidade; o sinergismo autassistência-heterassistência; o sinergismo autoconfiança–heteroconfiança no amparo extrafísico; o sinergismo consciex amparadora–conscin projetora assistencial; o sinergismo comunicabilidade-intelectualidade-parapsiquismo; o sinergismo prestar assistência–ser assistido.

Principiologia: o princípio da responsabilidade interassistencial; o princípio do exemplarismo pessoal (PEP); o princípio do autesforço insubstituível; o princípio de acontecer o melhor para todos; o princípio interassistencial de o menos doente assistir ao mais doente.

Codigologia: o código de ética extrafísico da conscin projetora.

Teoriologia: a teoria das verdades relativas de ponta da Projeciologia; a teoria e a prática da interassistencialidade; a teoria do corpo objetivo.

Tecnologia: as técnicas projetivas; a técnica da agenda projetiva; a técnica da abordagem extrafísica; a técnica dos 20 EVs diários; a técnica da exteriorização das energias; a técnica da assim e desassim; a técnica da tenepes.

Voluntariologia: o paravoluntariado das conscins interassistenciais; os voluntários das instituições conscienciocêntricas (ICs); os voluntários do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC); a qualificação das atividades desempenhadas no voluntariado conscienciológico advindas das experiências lúcidas do projetor assistencial.

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico da Autoprojeciologia; o laboratório conscienciológico da Autocosmoeticologia; o laboratório conscienciológico da Autopensenologia; o laboratório conscienciológico do Estado Vibracional; o laboratório conscienciológico da Tenepessologia; o laboratório conscienciológico da Autorganizaciologia.

Colegiologia: o Colégio Invisível da Projeciologia; o Colégio Invisível da Interassistenciologia.

Efeitologia: os efeitos paraterapêuticos das projeções conscientes assistenciais no assistido e no projetor assistente; os efeitos evolutivos da priorização da projeção lúcida interassistencial; os efeitos extrafísicos das ações intrafísicas.

Neossinapsologia: as neossinapses geradas a partir da autoconscientização multidimensional (AM); as neossinapses geradas a partir da vivência da projeção consciente; o trabalho contínuo na interassistência predispondo a conscin a adquirir neossinapses inegoicas.

Ciclologia: o ciclo projetivo.

Enumerologia: a autorganização; a autodisciplina; a automotivação; a autabnegação; a autobenignidade; a autoortopensenidade; o autoparapsiquismo.

Binomiologia: o binômio vida intrafísica–vida projetiva; o binômio estudo-vivência; o binômio autodesassédio-heterodesassédio; o binômio holopensene desassediado–holopensene interassistencial; o binômio projeção consciente–aumento da autoparapercepção; o binômio autossuficiência-interdependência.

Interaciologia: a interação amparador extrafísico–assistente projetado–consciex assistida; a interação intrafísico-extrafísico; a interação assistente-assistido; a interação paracérebro da conscin projetada–paracérebro da consciex assistida; a interação mentalsoma da conscin projetada–mentalsoma do amparador extrafísico; a interação empatia-acolhimento.

Crescendologia: o crescendo consciência assistida–conscin assistente projetada–amparador extrafísico; o crescendo psicofera projetiva–projeção consciente; o crescendo EV-tenepes-ofiex; o crescendo na interassistência paciência-compreensão.

Antagonismologia: o antagonismo covardia / coragem assistencial; o antagonismo recepção / retribuição; o antagonismo abordagem intrafísica / abordagem extrafísica; o antagonismo vontade inquebrantável / vontade débil; o antagonismo conscin projetora ociosa / conscin projetora operosa; o antagonismo conscin projetora com disponibilidade assistencial / conscin projetora com desinteresse assistencial; o antagonismo interassistencialidade explícita / interassistencialidade silenciosa.

Paradoxologia: o paradoxo de quanto mais a consciência evolui mais será obrigada a conviver com maior número de assistidos e assediadores.

Politicologia: a lucidocracia; a projeciocracia; a assistenciocracia.

Legislogia: a lei da Projeciologia; a lei da ação e reação; a lei da inseparabilidade grupocármica.

Filiologia: a assistenciofilia; a projeciofilia; a conviviofilia; a conscienciofilia; a evoluciofilia; a comunicofilia; a proexofilia.

Fobiologia: a projeciofobia.

Sindromologia: a superação da síndrome da dispersão consciencial; a superação da síndrome da procrastinação.

Mitologia: o mito de a autevolução ocorrer sem esforço; o mito da solidão.

Holotecologia: a projecioteca; a parapsicoteca; a interassistencioteca; a convivioteca; a energossomatoteca; a cosmoeticoteca; a experimentoteca.

Interdisciplinologia: a Projeciologia; a Descoincidenciologia; a Interassistenciologia; a Energossomatologia; a Amparologia; a Parapercepciologia; a Extrafisicologia; a Intermissiologia; a Conviviologia; a Proexologia.

sinergia projetor consciente
sinergia projetor consciente, na imagem (por unsplash.com) uma simulação de um bate-papo…

Perfilologia

Elencologia: a conscin lúcida; a isca humana lúcida; a conscin projetora; o ser interassistencial.

Hominologia: o Homo sapiens projectius; o Homo sapiens interassistens; o Homo sapiens tenepessista; o Homo sapiens multidimensionalis; o Homo sapiens parapsychicus; o Homo sapiens lucidus; o Homo sapiens cosmoethicus; o Homo sapiens pacificus; o Homo sapiens despertus.

Argumentologia sobre a sinergia projetor consciente

Exemplologia: sinergismo inicial projeção lúcida–interassistencialidade = a melhora da autorganização, ampliação da acuidade, motivação e vontade, e qualificação do holopensene pessoal da conscin projetora assistencial; sinergismo avançado projeção lúcida–interassistencialidade = a dinamização e ampliação dos autodesempenhos teáticos na consecução lúcida das tarefas da ofiex pela conscin projetora assistencial veterana.

Culturologia: a cultura da projetabilidade lúcida; a cultura da interassistencialidade.

Recursos. Conforme a Experimentologia, eis, por exemplo, listados em ordem alfabética, 10 recursos existentes na dimensão intrafísica, passíveis de serem utilizados pelos interessados no desenvolvimento do sinergismo projeção lúcida–interassistencialidade:

  1. Autopesquisa. As planilhas técnicas organizadoras da autopesquisa a exemplo das disponíveis no site do Instituto Cognopolitano de Geografia e Estatística (ICGE).
  2. Cursos. Os cursos disponíveis nas Instituições Conscienciocêntricas.
  3. Dinâmicas. As dinâmicas parapsíquicas nas Instituições Conscienciocêntricas.
  4. Docência. A docência conscienciológica possibilitando o contato do professor com alunos, consciexes assistidas e amparadores.
  5. Eventos. A participação em eventos científicos visando a troca de experiências.
  6. Gescons. A escrita de artigos, verbetes e livros.
  7. Laboratórios. Os laboratórios conscienciológicos das Instituições Conscienciocêntricas preparados tecnicamente para o desenvolvimento do parapsiquismo.
  8. Publicações. As publicações técnicas da Conscienciologia: tratados, livros, revistas.
  9. Tenepes. O contato diário com o assistido e com o amparador ou amparadora.
  10. Voluntariado. O voluntariado conscienciológico possibilitando o convívio com os demais voluntários e com o amparo de função.

Tipos. Segundo a Experimentologia, eis, por exemplo, listadas em ordem alfabética, 6 tipos de assistências passíveis de serem realizadas durante a experiência projetiva, capazes de gerar efeitos positivos e potencializadores do autodesempenho da conscin projetora interassistencial:

  1. Acolhimento. A abordagem e acolhimento de consciexes doentes e de assediadores.
  2. Desassédio. A participação em desassédio direto no extrafísico.
  3. Dessoma. A assistência a conscins próximas ou no momento da dessoma.
  4. Energia. A exteriorização de energias conscienciais qualificadas com intenção terapêutica.
  5. Resgate. A participação com amparadores extrafísicos no resgate de assistidos na Baratrosfera.
  6. Tares. O emprego da tarefa do esclarecimento durante contato com os assistidos.

Acabativa

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabética, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas centrais, evidenciando relação estreita com o sinergismo projeção lúcida–interassistencialidade, indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:

  1. Abordagem extrafísica: Extrafisicologia; Neutro.
  2. Ação extrafísica: Extrafisicologia; Neutro.
  3. Acolhimento assistencial extrafísico: Paraprofilaxiologia; Homeostático.
  4. Assistência inegoica: Interassistenciologia; Homeostático.
  5. Assistência sem retorno: Interassistenciologia; Homeostático.
  6. Autabnegação cosmoética: Cosmoeticologia; Homeostático.
  7. Extrafisicalidade: Multidimensiologia; Neutro.
  8. Interassistencialidade: Assistenciologia; Homeostático.
  9. Limite interassistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  10. Multidimensionalidade consciencial: Parapercepciologia; Homeostático.
  11. Nível da interassistencialidade: Interassistenciologia; Neutro.
  12. Perfil assistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  13. Pré-perdão assistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  14. Princípio da responsabilidade interassistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  15. Projeciofilia: Projeciologia; Homeostático.

O sinergismo projeção lúcida–interassistencialidade potencializa no projetor-assistente o desenvolvimento do autoparapsiquismo, da autoconsciencialidade e o aproxima do amparador.

Você, leitor ou leitora, costuma se projetar lucidamente com finalidade interassistencial? Com qual frequência?

Referências

Entre em contato

Clique aqui – Fale conosco

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
você também pode gostar
EM breve novo Livro

EV

mais popular

NÃO DEIXE nada BOM MORRER!

ESTE SITE SERÁ DESATIVADO!

Mas você tem o poder para que isso não aconteça, e ainda sair ganhando com a sua virtude. — Ao doar R$97,00 você recebe um ebook;  — Ao Doar R$197,00 além do ebook você terá acesso (login e senha) a novos conteúdos.

#ParePraPensar

Fique por dentro de novas ferramentas para desenvolvimento pessoal, EV e projeção