A sinergia entre as tarefas e a projeção consciente

 A sinergia entre as tarefas e a projeção consciente (sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida) é o efeito potencializador gerado pela ação associada da tarefa energética pessoal com a projeção lúcida da consciência para fora do corpo físico, promovendo a parapercepção da realidade interassistencial da atuação conjunta, consciente e eficaz, da conscin lúcida com o amparador extrafísico de função.

  1. Sinergismo tenepes–projeção consciente assistencial. 
  2. Sinergismo tenepes–projeção consciente. 
  3. Sinergismo tenepes–projeção assistida. 
  4. Potencialização interassistência tenepessista–projetabilidade.

As duas expressões compostas sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida restrito e sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida ampliado são neologismos técnicos da Projeciologia.

Confira as minhas experiências de Projeção Consciente. Já descobri mil modos de como não projetar. 😉

Antonimologia

  1. Projeção inconsciente na tenepes. 
  2. Ausência de parapercepção na tenepes. 
  3. Anulação entre as técnicas projetivas e assistenciais. 
  4. Incompatibilidade tenepes-projeção. 
  5. Antagonismo tenepes / projetabilidade. 
  6. Adormecimento na tenepes. 
  7. Devaneio na tenepes.

Atributologia: predomínio das percepções extrassensoriais, notadamente do autodiscernimento quanto às aplicações interassistenciais das técnicas projetivas.

Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da interassistencialidade; o holopensene pessoal da projetabilidade lúcida; o holopensene pessoal da paraperceptibilidade; os lucidopensenes; a lucidopensenidade; os ortopensenes; a ortopensenidade; os parapensenes; a parapensenidade.

Fatologia: a autorganização visando a projetabilidade lúcida; a evitação da euforin; a superação dos medos; os sons intracranianos da saída do psicossoma; a interiorização da consciência projetada frequentemente através dos plantochacras; a recoincidência dos veículos de manifestação; os registros projetivos; as confirmações posteriores da assistência prestada.

Parafatologia: a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; as mobilizações de energias prévias; a saída do psicossoma lateral ou frontalmente; a soltura holossomática; os desconfortos oriundos da ectoplasmia; o circuito coronofrontochacral; a abertura da clarividência pela atenção focada; a aura projetiva; a ampliação da descoincidência dos veículos na vivência da projetabilidade lúcida; os encontros projetivos; as projeções assistidas; as doações energéticas extrafísicas; as ectoplasmias extrafísicas; os parassopros energizados; as projeções desassediadoras; os resgates extrafísicos; os esclarecimentos extrafísicos diretos às consciexes e conscins projetadas; as transfigurações extrafísicas; a acalmia das consciências; o posicionamento lúcido na condição de integrante da equipex; o arco voltaico feito extrafisicamente; as exteriorizações em círculo pelas paramãos em sentido horário; as volitações extrafísicas; a Parapedagogia; as paraglomerações extrafísicas; as consciências extrafísicas erráticas; as paraincursões à Baratrosfera; as paravisitas às comunexes; as aplicações longitudinais de energia no psicossoma dos assistidos; as para-higienizações dos ambientes extrafísicos adstritos às bases físicas; as assistências pré-ressoma; a atuação prévia no trabalho interassistencial extrafísico; as abordagens extrafísicas; a parabordagem camuflada da condição de assistente; o reforço energético pela utilização do fitoectoplasma; as assistências à primeira e segunda dessoma; as reurbanizações extrafísicas.

A sinergia entre as tarefas e a projeção consciente - Na imagem engrenagens
A sinergia entre as tarefas e a projeção consciente

Detalhismo

Sinergismologia: o sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida; o sinergismo trabalho bioenergético–projeção consciente; o sinergismo autassistência-heterassistência; o sinergismo parapsiquismo-assistencialidade; o sinergismo conscin sensitiva–consciex amparadora.

Principiologia: o princípio de o menos doente ajudar o mais doente; o princípio da grupalidade interassistencial; o princípio da inseparabilidade grupocármica; o princípio da vontade decidida superando as limitações pessoais.

Codigologia: o código pessoal de Cosmoética (CPC); o código grupal de Cosmoética (CGC).

Teoriologia: a teoria da projetabilidade lúcida interassistencial; a teática da tenepes; a teoria das reurbexes.

Tecnologia: a técnica da tenepes; a aplicação de técnicas projetivas; a técnica da projeção lúcida; a técnica da respiração rítmica associada à respiração energossomática; a técnica do circuito corono-frontochacral; a técnica do balanço do psicossoma; a técnica dos comandos projetivos.

Voluntariologia: o voluntariado conscienciológico; o voluntariado do grupo de pesquisas da tenepes; o paravoluntariado da equipe extrafísica assistencial.

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico da tenepes; o laboratório conscienciológico das técnicas projetivas; o laboratório conscienciológico da Despertologia.

Colegiologia: o Colégio Invisível da Tenepessologia; o Colégio Invisível dos Projetores Conscientes; o Colégio Invisível da Assistenciologia.

Efeitologia: o efeito assistencial da projeção lúcida; o efeito da compreensão da assistência vivenciada extrafisicamente; o efeito da interação lúcida com o amparador; o efeito da ampliação da comunicabilidade; o efeito desassediador da projeção consciente.

Neossinapsologia: as neossinapses da autoconscientização multidimensional (AM); as neossinapses da interassistencialidade avançada.

Ciclologia: o ciclo interassistencial tenepes–projetabilidade–eficácia assistencial; o ciclo lucidez–projeção–ação extrafísica.

Binomiologia: o binômio projeção lúcida–qualificação assistencial; o binômio projetor tenepessista–cosmovisão; o binômio projeção consciente–cooperação com a equipex; o binômio voluntariado intrafísico–paravoluntariado extrafísico; o binômio cérebro-paracérebro.

Interaciologia: a interação conscin tenepessista–consciex amparadora.

Crescendologia: o crescendo acoplamentos–tenepes–projeção lúcida.

Antagonismologia: o antagonismo projeção consciente / ausência de lucidez na tenepes.

Paradoxologia: o paradoxo anonimato intrafísico–exposição extrafísica.

Politicologia: a lucidocracia; a meritocracia; a projeciocracia; a assistenciocracia.

Legislogia: a lei do maior esforço parapsíquico; as leis da Projeciologia; as leis da Assistenciologia.

Filiologia: a projeciofilia; a assistenciofilia; a tenepessofilia; a parapsicofilia.

Fobiologia: a tanatofobia; a projeciofobia; a parapsicofobia.

Maniologia: a mania de devanear na tenepes.

Mitologia: o mito de não poder se projetar durante a tenepes; o mito dos resultados sem esforços; o mito do salvacionismo.

Holotecologia: a projecioteca; a interassistencioteca; a energoteca; a parafenomenoteca; a parapsicoteca; a comunicoteca; a convivioteca.

Interdisciplinologia: a Projeciologia; a Parapercepciologia; a Energossomatologia; a Parafenomenologia; a Grupocarmologia; a Extrafisicologia; a Assistenciologia; a Tenepessologia; a Despertologia; a Comunicologia; a Autopesquisologia; a Discernimentologia; a Pesquisologia.

Perfilologia

Elencologia: a conscin lúcida; a isca humana lúcida; o ser desperto; o ser interassistencial; o projetor lúcido.

Hominologia: o Homo sapiens projectius; o Homo sapiens parapsychicus; o Homo sapiens tenepessista; o Homo sapiens assistentialis; o Homo sapiens interassistentialis; o Homo sapiens autolucidus; o Homo sapiens multidimensionalis.

Argumentologia

Exemplologia: sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida restrito = a projeção consciente no ambiente extrafísico coexistente com a base física da tenepes, qualificando a assistência; sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida ampliado = a projeção consciente em ambientes extrafísicos distantes potencializando a assistência.

Culturologia: a cultura da projetabilidade lúcida; a cultura da interassistência.

Acabativa

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabética, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas centrais, evidenciando relação estreita com o sinergismo tenepes–projetabilidade lúcida, indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:

  1. Abordagem extrafísica: Extrafisicologia; Neutro.
  2. Acolhimento assistencial extrafísico: Paraprofilaxiologia; Homeostático.
  3. Agente antiprojeção consciente: Projeciologia; Nosográfico.
  4. Consciência de equipe: Grupocarmologia; Neutro.
  5. Extra da tenepes: Tenepessologia; Homeostático.
  6. Hiperacuidade interassistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  7. Interassistenciologia: Conviviologia; Homeostático.
  8. Lei da Projeciologia: Legislogia; Homeostático.
  9. Minipeça interassistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  10. Paracirurgia: Consciencioterapia; Neutro.
  11. Projetor-auxiliar dessomaticista: Dessomatologia; Homeostático.
  12. Psicosfera projetiva: Projeciologia; Neutro.
  13. Registro tenepessista: Tenepessologia; Neutro.
  14. Senso de fraternidade: Conviviologia; Homeostático.
  15. Senso de parafiliação: Amparologia; Neutro.

A projetabilidade lúcida descortina os bastidores da extrafisicalidade. O tenepessista-projetor é integrante consciente, útil e participativo, atuando no maximecanismo interassistencial.

Você utiliza técnicas para se projetar com lucidez?

Quais proveitos interassistenciais tenepessistas obtém pela aplicação da vontade decidida?

As tarefas e a projeção consciente (Sinergismo tenepes-projetabilidade lúcida)

Referências sobre a sinergia entre as tarefas e a projeção consciente

Entre em contato

Clique aqui – Fale conosco

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima