7 providências e/ou ações preventivas quando da Projeção consciente para ajudar a desencarnar, — que podem facilitar o ser humano na dessoma (desencarne, falecimento, desincorporar, morte do corpo físico, morte biológica ou expiração corpórea) 

O projetor-auxiliar dessomaticista é a pessoa, homem ou mulher, coadjutor da equipex técnica em Dessomática, experiente nas vivências projetivas e bioenergéticas, servindo de agente atrator extrafísico para facilitar a soltura do psicossoma do pré-dessomante, preparando-o para o descarte do corpo físico (primeira dessoma).

  1. Projetor auxiliar em dessoma.
  2. Atrator energético na dessoma. 
  3. Projetor especialista em dessoma. 
  4. Projetor universalista. 
  5. Dessomatologista. 
  6. Tanatologista. 
  7. Projetor assistencial. 
  8. Conscin de interface à equipex.

Confira as minhas experiências de Projeção Consciente. Já descobri mil modos de como não projetar. 😉

Neologia. As 3 expressões compostas projetor-auxiliar dessomaticista, projetor-auxiliar dessomaticista pessoal e projetor-auxiliar dessomaticista grupal são neologismos técnicos da Dessomatologia.

Antonimologia: 1. Projetor-auxiliar ressomaticista. 2. Projetor anticosmoético. 3. Conscin fechada. 4. Parteira. 5. Obstetra. 6. Conscin perdulária energossomática. 7. Apedeuta multidimensional. 8. Conscin materialista. 9. Conscin tanatofóbica.

Estrangeirismologia: o approach extrafísico; o Projectarium; o projector; o projeteur; a out-of-body experience (OBE); a death assistance.

Atributologia: o predomínio das percepções extrassensoriais, notadamente do autodiscernimento quanto à projetabilidade lúcida interassistencial.

Megapensenologia. Eis 2 megapensenes trivocabulares sintetizando o tema: – Tanatologista: coadjutor extrafísico. Projetor: tanatologista extrafísico.

Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da projetabilidade lúcida interassistencial; os ortopensenes; a ortopensenidade; os pensenes cosmoéticos; os harmonopensenes; a harmonopensenidade; os parapensenes; a parapensenidade.

Fatologia: a falta de consciência sobre a inevitabilidade da dessoma; as milhares de dessomas ocorrendo todos os dias, a toda hora, minuto e segundo; as ressomas e dessomas de forma contínua; a vida saudável; o hábito de pensar bem de tudo e todos; o ato de por a vela na mão do(a) moribundo(a); a precariedade do Sistema Único de Saúde (SUS), vigente no Brasil na assistência ao paciente terminal (Ano-base: 2011); o ambiente intrafísico desarmonizado dificultando a dessoma; o ambiente intrafísico propício à dessoma; a assistência preparatória do projetor ao pré-dessomante imediato; o apoio moral à conscin dessomante pelos parentes queridos; a dessoma tranquila em ambiente familiar incentivada por profissionais da saúde, notadamente pelos oncologistas; a ortotanásia exemplificada na tranquilidade dos parentes e amigos presentes à dessoma; a programação existencial calcada na interassistencialidade.

Parafatologia: a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; a autovivência da interassistencialidade multidimensional; as autovivências projetivas; as autovivências do universalismo; a autovivência da camaradagem desenvolvida com as equipexes; a grata satisfação em servir o outro; a volta ao soma com a consciência tranquila; o acréscimo na ficha evolutiva pessoal (FEP); o serviço prestado nas comunexes; o privilégio de contar com a confiança dos amparadores; o universalismo do projetor ao adentrar em ambientex de holopensene religioso para prestar assistência; as alternâncias interdimensionais; as comunicações interdimensionais; a linha vermelha com o amparo; os encontros pós-dessoma junto às consciências assistidas anteriormente; a demonstração de agradecimento das consciexes assistidas; o Paradireito.

Detalhismo

Sinergismologia: o sinergismo das energias conscienciais do projetor, através de trabalhos energossomáticos diários; o sinergismo entre projetor e amparador técnico de função.

Principiologia: o princípio da descrença; o princípio da projetabilidade lúcida; o princípio da existência da vida após a morte; o princípio da existência dos 4 veículos de manifestação da consciência; o princípio da Cosmoética; o princípio da megafraternidade; o princípio da consciência ser eterna; o princípio das duas únicas existências no universo, a energia e a consciência; o princípio de desejar acontecer o melhor para todos; o princípio de o assistente ser o primeiro a ser assistido.

Codigologia: o código pessoal de Cosmoética (CPC); o código grupal de Cosmoética (CGC).

Teoriologia: a teoria do ensaio da morte biológica; a teoria da bitanatose; a teoria da tritanatose; a teoria da morte biológica ser o fim de tudo; a teoria da comunicação interdimensional.

Tecnologia: as técnicas projetivas; a Paratecnologia dos aparelhos usados nas dessomas; as paratécnicas de psicodrama usadas por projetores no momento da dessoma; as paratécnicas de repasse energético a pré-consciex; as técnicas rememorativas da projeção consciente.

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico do estado vibracional; o laboratório conscienciológico da sinalética energética; o laboratório conscienciológico de técnicas projetivas; o laboratório conscienciológico da Cosmoeticologia; o laboratório conscienciológico da tenepes; o laboratório conscienciológico da autorganização; o laboratório conscienciológico da Despertologia; o laboratório conscienciológico da imobilidade física vígil (IFV).

Colegiologia: o Colégio Invisível da Tenepessologia; o Colégio Invisível da Dessomatologia; o Colégio Invisível da Ressomatologia; o Colégio Invisível da Extrafisicologia; o Colégio Invisível da Evoluciologia; o Colégio Invisível da Interassistenciologia; o Colégio Invisível da Cosmoeticologia; o Colégio Invisível da Projeciologia.

Efeitologia: o efeito halo da interassistencialidade.

Neossinapsologia: as neossinapses constituídas a partir da projetabilidade lúcida; as neossinapses da experimentação na autenergometria; as neossinapses da longevidade produtiva e interassistencial; as neossinapses dos resultados adquiridos na pesquisa da Dessomatologia; as neossinapses do poder viver feliz sem se preocupar com o tempo faltante para a dessoma; as neossinapses da interassistencialidade ser o caminho mais curto para o próximo patamar evolutivo; as neossinapses da vivência da intercooperação.

Ciclologia: o ciclo assim-desassim; o ciclo do autaperfeiçoamento interassistencial; o ciclo vida-morte; o ciclo multiexistencial pessoal (CMP); o ciclo da interassistencialidade.

Enumerologia: a dessoma natural; a dessoma abrupta; a dessoma acidental; a eutanásia; a distanásia; a cacotanásia; a ortotanásia.

Binomiologia: o binômio lucidez extrafísica–rememoração posterior; o binômio projetor consciente–paravoluntário; o binômio dessoma-paraprocedência; o binômio dessoma-ressoma; o binômio assistente-assistido; o binômio ortotanásia-compléxis.

Interaciologia: a interação projetor dessomaticista–equipe técnica em dessomas.

Crescendologia: o crescendo projetor iniciante–projetor veterano.

Antagonismologia: o antagonismo vida / morte; o antagonismo projetor consciente / conscin trancada; o antagonismo visão multidimensional / visão intrafísica; o antagonismo maya / pararrealidade; o antagonismo Ética / Cosmoética; o antagonismo limite das ações intrafísicas / ações extrafísicas ilimitadas; o antagonismo homem finito / consciência infinita.

Politicologia: as políticas públicas impedindo o direito de dessomar nas condições da ortotanásia; a política belicista das grandes nações, em nome da democracia, ceifando prematuramente vidas em dessomas abruptas; a meritocracia; a interassistenciocracia.

Legislogia: as leis da Parafisiologia; a lei da atração; a lei da responsabilidade projetiva; as leis naturais da vida; as leis da Projeciologia.

Filiologia: a projeciofilia; a interassistenciofilia; a evoluciofilia; a cosmoeticofilia.

Fobiologia: a biofobia; a coimetrofobia; a espectrofobia; a necrofobia; a neofobia; a projeciofobia; a tafefobia; a tanatofobia.

Sindromologia: a síndrome de Swedenborg; a síndrome da conscin eletronótica; a síndrome de Matusalém.

Maniologia: a mania de chamar as projeções conscienciais de sonhos, inibindo a autoconsciência multidimensional; a mania de dormir de olhos abertos com medo de morrer dormindo; a mania de contar piadas e ingerir bebidas alcoólicas nos velórios.

Mitologia: o mito do anjo da guarda; o mito da morte biológica ser o fim da consciência.

Holotecologia: a teaticoteca; a maturoteca; a traforoteca; a despertoteca; a dessomatoteca; a projecioteca; a sinaleticoteca; a energoteca; a sincronoteca; a assistencioteca; a convivioteca; a intermissioteca; a cosmoeticoteca; a metapsicoteca; a pacificoteca; a serenoteca; a proexoteca; a evolucioteca.

Interdisciplinologia: a Dessomatologia; a Projeciologia; a Parafenomenologia; a Extrafisicologia; a Holomaturologia; a Conviviologia; a Assistenciologia; a Energossomatologia; a Intermissiologia; a Ressomatologia; a Proexologia; a Despertologia; a Evoluciologia.

Perfilologia

Elencologia: a consciênçula; a conscin lúcida; a isca humana lúcida; a isca inconsciente; o ser interassistencial; o ser desperto; a conscin prestes a se tornar consciex; a conscin enciclopedista; a pessoa acomodada; a pessoa alienada; a consréu; a consciência poliédrica; a personalidade sem fronteiras.

Hominologia: o Homo sapiens assistentialis; o Homo sapiens projectius; o Homo sapiens assistentiologus; o Homo sapiens accouplementator; o Homo sapiens assimilatus; o Homo sapiens dessomator; o Homo sapiens energocompensatus; o Homo sapiens energodonator; o Homo sapiens fraternus; o Homo sapiens offiexista; o Homo sapiens parapsychicus; o Homo sapiens tenepessista.

Argumentologia

Exemplologia: projetor-auxiliar dessomaticista pessoal = a conscin projetada usando o próprio psicossoma lastreado na função de atrator do psicossoma debilitado da conscin dessomatofóbica na primeira dessoma; projetor-auxiliar dessomaticista grupal = a conscin projetada usando o próprio psicossoma lastreado para auxiliar a formação da energosfera do Dessomatorium, ambiente extrafísico propício ao recebimento de grupo de dessomantes na primeira dessoma.

Culturologia: o multiculturalismo do projetor assistente favorecendo o rapport junto ao dessomante; a cultura da Interassistencialidade.

Responsabilidade. O turismo extrafísico inexiste para o projetor autoconsciente das responsabilidades evolutivas.

Felicidade. As pessoas, em geral, mantêm a pretensão de terem vida feliz, porém não se interessam em pensar, pesquisar, entender o fenômeno da dessoma, a projeção final, a volta ao local de origem, e muitos deixam de viver em plenitude, com medo da morte, comprometendo o processo dessomático.

Projeção consciente para ajudar a desencarnar
Uma simulação de Projeção consciente para ajudar a desencarnar imagem por pexels

07 itens facilitadores quando da Projeção consciente para ajudar a desencarnar

Facilitadores. Segundo a Experimentologia, eis, em ordem alfabética, 07 providências facilitadoras da dessoma e preventivas quanto às interprisões grupocármicas, a serem consideradas pela conscin lúcida:

  1. Coerência. Manter-se em dia com as propostas autevolutivas. Procurar alinhar o final das atividades proexológicas com matérias do futuro Curso Intermissivo, revisando os arquivos da FEP e do CPC, visando a próxima proéxis.
  2. Desapego. Lembrar de incluir entre os herdeiros, instituição de fins interassistenciais credenciadas. Aproveitar e fazer investimento na conta-corrente policármica.
  3. Heteroperdão. Pelos critérios da lógica evolutiva, perdoar a todos desejando o melhor para todos.
  4. Higiene ambiental. Manter todo o cuidado com o ambiente será de grande importância deixar escrita a opção de enterro comum ou cremação.
  5. Reconciliações. A dessoma pode acontecer a qualquer momento, a lógica indica o dever de concluir acertos antes da dessoma, com desafetos familiares, com amigos, com pendências afetivo-sexuais ou financeiras. Ao ver-se desenganado pela ciência convencional e admitir estar às vésperas da dessoma, a conscin procura esclarecimento e solicita: – Me ajude a morrer com dignidade. Tal atitude provavelmente venha a amenizar a melancolia extrafísica (melex), intuitivamente antevista pela ex-conscin ao trazer consigo grandes mágoas e ressentimentos de parentes.
  6. Testamento. No caso de haver bens a deixar, elaborar testamento claro, transparente com respeito à igualdade de direitos de cada 1 dos herdeiros. Aproveitar a oportunidade para a libertação das interprisões grupocármicas.
  7. Tutores. Se houver menores, ou pessoas dependentes, providenciar tutores confiáveis definindo orientações para a educação dos mesmos. Existem fortunas dilapidadas por pais e mães perdulários e filhos nascidos ricos sem condições de estudar.

Acabativa sobre Projeção consciente para ajudar a desencarnar

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabética 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas centrais, evidenciando relação estreita com o projetor-auxiliar dessomaticista, indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:

  1. Ação extrafísica: Extrafisicologia; Neutro.
  2. Acolhimento assistencial extrafísico: Paraprofilaxiologia; Homeostático.
  3. Agente antiprojeção consciente: Projeciologia; Nosográfico.
  4. Alternância interdimensional: Projeciologia; Homeostático.
  5. Categoria da minipeça interassistencial: Interassistenciologia; Homeostático.
  6. Codesaparecimento dessomático: Dessomatologia; Neutro.
  7. Dessomática: Dessomatologia; Neutro.
  8. Escala das parapercepções: Autoparapercepciologia; Homeostático.
  9. Inocência: Evoluciologia; Neutro.
  10. Lei da Projeciologia: Legislogia; Homeostático.
  11. Paradireito: Cosmoeticologia; Homeostático.
  12. Paraprocedência: Extrafisicologia; Neutro.
  13. Quebra qualitativa: Perdologia; Nosográfico.
  14. Senso universalista: Cosmoeticologia; Homeostático.
  15. Tanatofobia: Parapatologia; Nosográfico. 

O projetor-auxiliar dessomaticista é o homo sapiens fraternus na ação humanitária, cosmoética e interassistencial junto à conscin dessomante, facilitando o retorno à paraprocedência.

Você já participou, com as próprias energias conscienciais sadias, de algum tipo de dessoma? Como se sentiu depois, ao rememorar o evento extrafísico?

Projeção consciente para ajudar a desencarnar (Projetor-auxiliar dessomaticista)

Referências

Entre em contato

Clique aqui – Fale conosco

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima