Classificação das experiências projetivas conscientes

20 tipos de projeções da consciência e as respectivas características das experiências projetivas conscientes

A taxologia das projeções conscienciais é a classificação sistemática das categorias de experiências fora do corpo humano vivenciadas pela consciência intrafísica.

  1. Taxologia das Projeções Conscienciais
  2. Taxionomia das projeções da consciência.
  3. Taxologia das vivências projetivas.
  4. Categorização projetiva. 
  5. Tipologia projetiva. 
  6. Taxologia das experiências extracorpóreas. 
  7. Método classificatório das projeções conscienciais.

Confira as minhas experiências de Projeção Consciente. Já descobri mil modos de como não projetar. 😉

Neologia. As 3 expressões compostas taxologia das projeções conscienciais, taxologia das projeções conscienciais pessoais e taxologia das projeções conscienciais alheias são neologismos técnicos da Projeciologia.

Antonimologia: 1. Taxologia da clarividência. 2. Classificação das vivências intrafísicas.

Estrangeirismologia: a recherche projeciológica; o effort scientifique projeciológico; a research projetiva; o Projectarium; o Pesquisarium.

Atributologia: predomínio das percepções extrassensoriais, notadamente do autodiscernimento quanto às autexperimentações projetivas.

Ortopensatologia: – “PL. As experimentações projetivas das conscins na extrafisicalidade, quando cautelosas, com a adequação cosmoética desejável, desenvolvidas por personalidades investigadoras sérias, vigilantes, seguras e de profunda consciência autocrítica, ocorrerão, de modo inevitável, movidas pela própria marcha natural do desenvolvimento das ideias, dos interesses humanos e das realidades terrestres. Daí surgirá o consenso que estabelecerá rotinas produtivas aos parafenômenos, em favor de todos, tanto conscins quanto consciexes”.

Fatuística

Pensenologia: o holopensene pessoal da pesquisa projetiva; o holopensene pessoal da Projeciologia; o holopensene pessoal da Parapesquisologia; os parapensenes; a parapensenidade; os paratecnopensenes; a paratecnopensenidade; os lucidopensenes; a lucidopensenidade; os nexopensenes; a nexopensenidade; os grafopensenes; a grafopensenidade.

Fatologia: a taxologia das projeções conscienciais; a classificação funcional das vivências projetivas; o levantamento da tipologia projetiva documentada; a sistematização científico-projeciológica; o detalhamento parafenomênico projeciológico; a cientificidade aplicada às pesquisas projetivas; o tratado Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano; a validação coletiva das interpretações projeciológicas nos debates conscienciológicos; o estabelecimento da terminologia projeciológica precisa; o estudo técnico das projeções conscienciais; o estudo projeciocrítico; as descobertas projetivas; o hábito de registrar as autovivências projetivas; o diário projetivo; a organização dos registros projeciológicos; a leitura atenta de registros projeciológicos; os registros projetivos acumulados auxiliando na identificação das projeções conscienciais vivenciadas; a Inventariologia Projetiva; a revisão projeciográfica; a análise crítica das paravivências; os relatos projetivos detalhistas enquanto instrumento de pesquisa projetiva; a capacidade cognitiva de auto e heterointerpretação parafenomenológica; o auto e heterodiagnóstico projetivo; a interpretação das projeções conscienciais pessoais e alheias; os instrumentos de medida da Parafenomenologia Projeciológica; a auto e heteroconscenciometria projetiva; o autodidatismo projeciológico contínuo.

Parafatologia: a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; a vivência pessoal projetiva ampliando as abordagens investigativas; a vivência extrafísica pessoal (VEP); a pararrealidade; os parafatos; os eventexes; a agendex; o mapeamento da parafatuística; a evocação dos amparadores especialistas em Projeciologia; a autocognição projetiva ampliando o nível de projetabilidade pessoal; a projetabilidade amadora esporádica; a projetabilidade profissional buscada.

Detalhismo

Sinergismologia: o sinergismo mentalsomático análise-síntese; o sinergismo amadurecimento parapsíquico–correção nas interpretações; o sinergismo autodidatismo–parapesquisa projetiva.

Principiologia: o princípio do omniquestionamento pesquisístico; o princípio da acumulabilidade cognitiva; o princípio da exaustividade pesquisística; o princípio científico da explicitação pesquisística; o princípio da descrença (PD) aplicado às autopesquisas projetivas.

Teoriologia: a teoria e prática da projetabilidade lúcida (PL); as autocomprovações teóricas a partir da análise crítica da Parafenomenologia Pessoal.

Tecnologia: as técnicas projetivas; as técnicas projeciométricas; a técnica da evitação dos falsos conceitos; as técnicas da indexação lógica; a técnica dos analogismos.

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico do estado vibracional; o laboratório conscienciológico das técnicas projetivas; o laboratório conscienciológico da Autopesquisologia; o laboratório conscienciológico da Autoconscienciometrologia; o laboratório conscienciológico da Automentalsomatologia.

Colegiologia: o Colégio Invisível da Experimentologia; o Colégio Invisível da Parafenomenologia; o Colégio Invisível da Projeciologia; o Colégio Invisível da Extrafisicologia.

Efeitologia: o efeito cosmovisiológico das classificações pesquisísticas; os efeitos autorrecicladores das pesquisas multidimensionais; os efeitos evolutivos das autopesquisas projetivas; os efeitos da compreensão lúcida das projeções conscienciais.

Neossinapsologia: as neossinapses geradas pelo estudo e prática da projetabilidade lúcida; as neossinapses advindas do escrutínio dos autexperimentos projetivos.

Ciclologia: o ciclo do autodidatismo teático; o ciclo comprovações-investigações-teorizações; o ciclo vivência projetiva–registro detalhado–interpretação do conteúdo–análise autocrítica.

Enumerologia: o estudo projeciológico; a vivência projeciológica; o registro projeciológico; a análise projeciológica; a crítica projeciológica; o diagnóstico projeciológico; a pesquisa projeciológica.

Binomiologia: o binômio Experimentologia-Autopesquisologia; o binômio vida intrafísica–vida projetiva; o binômio conteúdo-forma; o binômio pesquisa-evolução.

Interaciologia: a interação autocognição intrafísica–autocognição extrafísica; a interação entre a auto e a heteropesquisa projetiva.

Crescendologia: o crescendo parafenômeno vivenciado–parafenômeno criticado–conteúdo compreendido; o crescendo observação global–observação das especificidades.

Antagonismologia: o antagonismo conhecimento / ignorância; o antagonismo dissecção analítica / acriticismo; o antagonismo curiosidade investigativa / apatia pesquisística.

Paradoxologia: o paradoxo da subjetividade objetiva das vivências projetivas.

Politicologia: a projeciocracia.

Legislogia: a lei do maior esforço aplicada às pesquisas projetivas.

Filiologia: a pesquisofilia; a metodofilia; a criticofilia; a experimentofilia; a parafenomenofilia; a parapsicofilia; a paracogniciofilia.

Fobiologia: a projeciofobia; a tanatofobia; a dessomatofobia; a descrenciofobia; a parapsicofobia; a espectrofobia; a analiticofobia.

Holotecologia: a projecioteca; a parafenomenoteca; a parapsicoteca; a experimentoteca; a cognoteca; a analiticoteca; a pesquisoteca.

Interdisciplinologia: a Projeciologia; a Taxologia; a Projeciografia; a Projecioanálise; a Projeciocrítica; a Projeciometria; a Experimentologia; a Parafenomenologia; a Parafatuística; a Extrafisicologia; a Pesquisologia; a Inventariologia; a Terminologia; a Enumerologia.

Perfilologia

Elencologia: a conscin lúcida; a isca humana lúcida; o ser desperto; a conscin enciclopedista.

Hominologia: o Homo sapiens projectius; o Homo sapiens perquisitor; o Homo sapiens parapsychicus; o Homo sapiens analyticus; o Homo sapiens scientificus; o Homo sapiens experimentator; o Homo sapiens autoperquisitor.

Argumentologia

Exemplologia: taxologia das projeções conscienciais pessoais = a classificação sistemática das categorias de experiências fora do corpo humano vivenciadas pelo próprio pesquisador, homem ou mulher; taxologia das projeções conscienciais alheias = a classificação sistemática das categorias de experiências fora do corpo humano vivenciadas por outros projetores, homens ou mulheres.

Culturologia: a cultura da autopesquisa projetiva; a cultura projeciológica.

Classificação das experiências projetivas conscientes
Classificação das experiências projetivas conscientes

Taxologia

Sob a ótica da Projeciologia, eis, em ordem alfabética, 20 tipos de projeções da consciência e as respectivas características:

  1. Experiência da quase morte (EQM): ocorrência projetiva involuntária ou forçada por circunstâncias humanas críticas, comum a sobreviventes da morte clínica.
  2. Falso despertar: ocorrência projetiva semiconsciente desencadeada no período matutino devido à saturação mental quanto ao ato de despertar.
  3. Falso término: projeção semiconsciente de ocorrência comum em cursos práticos projetivos, quando o projetor ou projetora tem a percepção de término da atividade, constatando o próprio engano somente após o despertamento intrafísico.
  4. Projeção antefinal: experiência extrafísica do paciente terminal, imediatamente antes da dessoma.
  5. Projeção consciencial dupla: projeção da consciência intrafísica por 1 veículo de manifestação e, logo a seguir, por outro, psicossoma ou mentalsoma, em único experimento.
  6. Projeção consciente: experiência extracorpórea vivenciada pela consciência humana com plena lucidez.
  7. Projeção consciente assistida: vivência extracorpórea lúcida comandada, de modo direto, por determinada amparadora ou amparador extrafísico perito em projeções conscientes.
  8. Projeção consciente fragmentada: experiência produzida pela exteriorização gradativa, parte por parte, de cada área específica da forma humanoide do psicossoma.
  9. Projeção consciente prolongada (megaprojeção): projeção lúcida de 3 horas ou mais de duração, em geral sem rememoração física completa.
  10. Projeção consciente retrocognitiva: experiência extracorpórea caracterizada pela recordação de retrovivências intrafísicas e / ou intermissivas através do acesso à memória integral pessoal e / ou grupal.
  11. Projeção de consciência contínua: projeção sem lapsos, com manutenção da lucidez ininterrupta da consciência em todo o desenvolvimento da experiência projetiva, não ocorrendo a intercalação de outro estado alterado.
  12. Projeção desassediadora: projeção assistencial especializada nas tarefas do desassédio interconsciencial extrafísico.
  13. Projeção do adeus ressomática: visita extrafísica de despedida da consciex amparadora pré-ressomante à conscin projetada.
  14. Projeção inconsciente: projeção na dimensão extrafísica sem autoconsciência.
  15. Projeção instantânea: experiência de decolagem relampagueante do psicossoma com imediata lucidez extrafísica da consciência projetada.
  16. Projeção lúcida vexaminosa: vivência extrafísica, patrocinada por amparadores, esclarecedora quanto às posturas imaturas ou equivocadas do projetor ou projetora.
  17. Projeção onírica: projeção consciencial com interferência de fatores oníricos, distorções profundas de imagens, cenas absurdas, incoerentes e incongruentes, seja no início, no meio ou no final do período extrafísico vivenciado pela conscin.
  18. Projeção recorrente: projeção consciencial com repetição de padrões similares de acontecimentos extrafísicos, eventos afins ou circunstâncias semelhantes.
  19. Projeção semiconsciente: vivência extracorpórea com manutenção parcial dos atributos mentaissomáticos, possibilitando à conscin ter lucidez dos fatos presenciados na dimensão extrafísica, contudo, sem perceber a condição de estar projetada.
  20. Protoprojeção: sonho lúcido perdurando apenas por alguns minutos, típico das 5 horas da manhã, podendo ser considerado projeção inicial ou esboçante, com grande número de sonhos de flutuação, voo e queda.

Acabativa

Remissiologia. Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabética, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas centrais, evidenciando relação estreita com a taxologia das projeções conscienciais, indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:

  1. Aprofundamento da pesquisa: Experimentologia; Neutro.
  2. Autexame projetivo: Parassemiologia; Homeostático.
  3. Autocrítica parafenomenológica: Autocriticologia; Neutro.
  4. Dissecção parapsíquica: Autopesquisologia; Neutro.
  5. Estudo projeciocrítico: Projeciologia; Neutro.
  6. Ferramenta de análise: Autopesquisologia; Neutro.
  7. Nível de projetabilidade: Projeciometrologia; Neutro.
  8. Projeção consciente retrocognitiva: Projeciologia; Neutro.
  9. Projeção do adeus ressomática: Projeciologia; Neutro.
  10. Projeciometria: Projeciologia; Neutro.
  11. Taxologia: Experimentologia; Neutro.
  12. Taxologia das análises: Experimentologia; Neutro.
  13. Taxologia das retrocognições: Retrocogniciologia; Neutro.
  14. Taxologia do conhecimento: Mentalsomatologia; Neutro.
  15. Tradução parapsíquica: Parapercepciologia; Neutro.

A taxologia das projeções conscienciais possibilita qualificar a sistematização do conhecimento parafenomenológico, ampliando a cosmovisão das parapesquisas da projeciologia.

Você já estudou os tipos de projeções conscienciais documentados? Quais já vivenciou? Quais os efeitos práticos daí advindos?

Classificação das experiências projetivas conscientes

Referências

Entre em contato

Clique aqui – Fale conosco

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima