Havia um garoto de nove anos sentado à sua mesa e, de repente, aparece uma poça entre os pés dele e a parte da frente da calça está molhada.

As calças molhadas

Ele acha que seu coração vai parar porque ele não pode imaginar como isso aconteceu. Isso nunca aconteceu antes, e ele sabe que quando os garotos descobrirem, isso nunca terá fim.

Quando as meninas descobrirem, nunca mais falarão com ele, enquanto ele viver. O menino acredita que seu coração vai parar; Ele abaixa a cabeça e faz esta oração: “Querido Deus, isto é uma emergência! Eu preciso de ajuda agora! Daqui a cinco minutos eu estarei mortinho da silva.”

Ele para, olha mais adiante, e lá vem uma professora com aquele olhar de que ele foi descoberto.

Enquanto a professora caminha em sua direção, uma colega de classe chamada Susie está carregando uma tigela de peixinho dourado cheia de água. Susie tropeça na frente da professora e, inexplicavelmente, joga a tigela de água no colo do menino.

As calças molhadas

O menino finge estar com raiva, mas todo o tempo está dizendo para si mesmo: — “Obrigado, Senhor! Obrigado Senhor!

Agora, de repente, em vez de ser o objeto do ridículo, o menino é objeto de simpatia. A professora o leva para o andar de baixo e dá a ele shorts de ginástica para colocar enquanto suas calças secam.

Todas as outras crianças estão, agora, próximo a ele de joelhos limpando em torno de sua mesa. A simpatia é maravilhosa. Mas o ridículo que poderia ter acontecido a ela foi transferido para outra pessoa – Susie. Ela tenta ajudar, mas eles dizem para ela sair. — “Você já fez o suficiente, seu palerma!”

Finalmente, no final do dia, enquanto esperam pelo ônibus, o menino se aproxima de Susie e sussurra: — “Você fez isso de propósito, não foi?”

Susie sussurra de volta: — “Eu molhei minhas calças também”.

Todos nós passamos por todas as coisas boas e ruins da vida. Devemos sempre lembrar como nos sentimos quando estávamos na mesma condição e não devemos zombar dos outros por estarem nela. Sempre tente entender a situação do outro como se você estivesse nela, e ajude o máximo possível.

As calças molhadas

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima