Certo dia um ancião, tendo cortado lenha e carregando-a, percorria um longo trajeto. Até que, cansado da caminhada, depôs a carga e invocou a Morte. Ora, tendo a Morte aparecido e indagado por que motivo ele a chamava, o ancião respondeu: — “Para que me soergas o fardo.“

Esta fábula mostra que todo homem é apegado à vida, ainda que seja desafortunado.

O Ancião e a Morte

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima