A cana e a oliveira discutiam acerca da sua resistência, sua forca e sua calma.

A oliveira censurava a cana por sua impotência e sua facilidade em vergar-se a todos os ventos.

A cana guardou silêncio e não replicou. Entretanto, o vento começou a soprar com violência, e a cana, sacudida e curvada pela ventania, salvou-se facilmente; porém a oliveira, opondo resistência às rajadas, foi quebrada pela violência delas.

Esta fábula mostra que, aqueles que não se opõem às circunstâncias e aos mais fortes, são mais poderosos do que os que rivalizam com os mais importantes.

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima