Certa manhã, o tolo acordou e pensou: — “Há uma coisa de que preciso, preciso de um jumento”.

Então ele saiu de casa e andou até chegar à cidade. Ele foi até a barraca de burros. Havia muitos burros. Alguns eram grandes e alguns eram pequenos. Alguns tinham orelhas compridas e alguns muito curtas. Mas entre eles havia um jumento que tinha orelhas longas, moles e sedosas.

o burro e o tolo

— “Este é o burro para mim.”

O tolo pagou ao portador da barraca de burro e conduziu aquele burro amarrado por uma corda da tenda pelas ruas da cidade, e havia dois meninos.

— “Podemos enganar aquele tolo dono do burro.”

Um menino subiu e tirou a corda do pescoço do jumento, colocou-a no próprio pescoço e seguiu o tolo, que nem percebeu.

O outro garoto levou o burro de volta à barraca para vendê-lo.

Pelas ruas, e bem longe da cidade, pra casa foi o tolo. E quando chegou em sua casa, ele se virou e —…uhhh:

— Quando eu te comprei, você era um burro. Mas agora você se transformou em um menino!

“É verdade, eu era um burro quando você me comprou, mas, veja você, antes eu era um menino. Fui rude com minha mãe e minha mãe disse: “Se você for rude comigo de novo, pode ser que você seja transformado pelo diabo em um jumento”. E assim foi. Mas agora que você me comprou, eu sou de novo um garoto e pertenço a você.

Não seja rude. — “Você pertence a mim?” disse o tolo. — “Eu não posso ter m menino. Vá, vá, mas prometa-me isto: — quando você for à sua mãe, não seja rude com ela novamente.”

O idiota dormiu naquela noite, e quando acordou de manhã, percebeu que havia algo que ainda precisava … Ele ainda precisava de um burro. Ele saiu de casa, pegou as últimas moedas e caminhou até chegar à cidade; caminhou até à barraca de burros. E havia todos aqueles burros grandes e pequenos, alguns com orelhas maiores que outras. E entre os burros ele notou que havia um burro com orelhas longas, moles e sedosas. Ele conhecia aquele burro. Ele foi até lá e levantou a orelha do burro e disse:

“Seu tolo, eu disse para nunca mais ser rude com a sua mãe!”

Origem: Popular Iraniano

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima