Os Cães famintos

Uns cães esfaimados viram algumas peles de molho num rio e, não podendo alcançá-las, combinaram entre si beber primeiramente toda a água, a fim de, em seguida, chegarem às peles.

Entretanto ocorreu que, por beberem em excesso, eles rebentaram em vez de alcançarem os couros.

Assim também certos indivíduos, na esperança de algum proveito, submetem-se a trabalhos perigosos, e acabam sucumbindo sem conseguir o que queriam.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
você também pode gostar
EM breve novo Livro

EV

mais popular

#ParePraPensar

Fique por dentro de novas ferramentas para desenvolvimento pessoal, EV e projeção