O Cabrito e o Lobo que toca flauta

Um cabrito, tendo ficado para trás do rebanho, estava sendo perseguido por um lobo. Então o cabrito, voltando-se, disse para o lobo: “Estou convencido, ó lobo, de que serei tua refeição; contudo, para que eu não morra sem honra, toca flauta para eu dançar.”

Ora, enquanto o lobo tocava flauta e o cabrito dançava, os cães, ouvindo o barulho, acorreram e perseguiram o lobo. Então o lobo, voltando-se, disse para o cabrito: “É justo o que me acontece; realmente, sendo açougueiro, eu não deveria imitar o flautista.”

Assim, aqueles que fazem algo sem atentar para as circunstâncias, acabam perdendo até mesmo aquilo que têm nas mãos.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
você também pode gostar
EM breve novo Livro

EV

mais popular

#ParePraPensar

Fique por dentro de novas ferramentas para desenvolvimento pessoal, EV e projeção