Aceleração das vivências da Projeção Consciente

A “aceleração das vivências da Projeção Consciente” (Catálise da Projetabilidade) é a aceleração das vivências da projeção lúcida (PL), a partir de fatores intra e extra conscienciais alavancadores da compreensão da multidimensionalidade de modo auto lúcido, cosmoético e evolutivo, pesquisados pelas conscins.

Siginificado

Confira as minhas experiências de Projeção Consciente. Já descobri mil modos de como não projetar. 😉

  1. Aceleração da projetabilidade.
  2. Agilização das projeções.
  3. Estimulação das vivências projetivas. 
  4. Dinamização da projetabilidade.
Representação da assistência na "Aceleração das vivências da Projeção Consciente"- Imagem por Unsplash.com

Atributologia: predomínio das percepções extra sensoriais, notadamente do autodiscernimento quanto aos fatores potencializadores da projetabilidade lúcida.

Pensenologia: o holopensene pessoal da projetabilidade consciente; o holopensene da tecnicidade aplicada à projetabilidade; o holopensene da Projeciologia; o materpensene da projetabilidade lúcida.

Fatologia: o espírito pesquisístico impulsionando os autesforços na projeção da consciência; o estudo disciplinado e contínuo das técnicas projetivas; o aprendizado enquanto síntese das experiências decorrentes da projeção consciente voluntária; a compreensão da fisiologia pessoal frente à projeção consciente; os macetes pessoais projetivos; a Escola de Projeção Lúcida (EPL) do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC); a Maratona da Projetabilidade Lúcida do IIPC; as pesquisas laboratoriais sobre projeção consciente; os resultados surpreendentes dos experimentos do fly-in; as itinerâncias conscienciológicas catalisando a projetabilidade; a docência conscienciológica desencadeando paravivências projetivas; a condição de conscin-cobaia dos intermissivistas, quanto aos recursos projetivos; a Projeciologia enquanto especialidade prática da Conscienciologia; a autopostura destemida catalisando as possibilidades projetivas.

Parafatologia: a catálise da projetabilidade; a auto vivência do estado vibracional (EV)

Profilático: a Parafisiologia do holossoma, relativa à projetabilidade lúcida, estudada, compreendida e aproveitada pelo pesquisador da consciência; a mudança do foco de atenção interna para externa potencializando a projetabilidade lúcida; a para-herança projetiva repercutindo na atual vida crítica; as projeções assistidas em série; a homeostasia holossomática proporcionando a projeção lúcida; o desassédio desencadeando a projeção consciente; as demandas assistenciais às conseneres na base física propiciando a experiência projetiva; os paracacoetes projetivos; a soltura energossomática acima da média; as lições hauridas por meio de projeções conscientes espontâneas; a catálise projetiva motivada pela dedicação à interassistencialidade extrafísica; as paracirurgias acompanhadas pelo projetor consciente; a superação das dificuldades interdimensionais através da projeção lúcida; o engajamento em equipex interassistencial; os grupos volitativos catalisando as projeções seriadas; a catálise projetiva decorrente da interação com os amparadores extrafísicos; a agenda extrafísica (agendex) do projetor potencializando as autexperiências projetivas; a tenepes influindo na vida multidimensional do projetor; os parapedidos de tenepes; as aulas extrafísicas sobre projeção consciente; as paravisitações intermissivas a conscins projetoras; a Escala da Consciência Contínua representando a evolução da consciência no domínio da autoconscientização multidimensional; a ofiex na condição de catálise projetiva; os especialistas extrafísicos em projetabilidade lúcida; o parassenso de imortalidade presente na projetabilidade lúcida; o acolhimento extrafísico presente na primoprojeção.

Detalhismo da Aceleração das vivências da Projeção Consciente

Sinergismologia: o sinergismo técnica-autexperimentação; o sinergismo tenepes–projeção consciente; o sinergismo amparador-projetor; o sinergismo relaxamento-projetabilidade; o sinergismo base física–projeção consciente; o sinergismo conscin auxiliar em terra–projetor consciente.

Principiologia: a vivência do princípio da descrença (PD) no exercício da projeção consciente; o princípio da autexperimentação fundamentando o desenvolvimento projetivo; o princípio de os resultados advirem dos autesforços projetivos.

Codigologia: o código pessoal de Cosmoética (CPC) influindo na projetabilidade.

Teoriologia: a teoria da projeção consciente; a teoria da projetabilidade lúcida (PL); a teoria da autoconscientização multidimensional; a teoria da seriéxis; a teoria do Curso Intermissivo (CI) abrindo precedente às projeções lúcidas.

Tecnologia: a aplicação consciente de técnicas projetivas; as paratecnologias projetivas.

Laboratoriologia: o laboratório conscienciológico das técnicas projetivas; o laboratório conscienciológico do estado vibracional; o laboratório conscienciológico da Despertologia; o laboratório conscienciológico da Autopesquisologia; o laboratório conscienciológico da sinalética parapsíquica; o laboratório conscienciológico da Cosmoeticologia; o laboratório conscienciológico da imobilidade física vígil (IFV).

Colegiologia: o Colégio Invisível da Projeciologia; o Colégio Invisível da Energossomatologia; o Colégio Invisível da Dessomatologia; o Colégio Invisível da Psicossomatologia; o Colégio Invisível da Parafenomenologia; o Colégio Invisível da Comunicologia; o Colégio Invisível da Parapercepciologia.

Efeitologia: o efeito da agendex na catálise da projeção lúcida; os efeitos conscienciais das projeções lúcidas em série; os efeitos bioenergéticos pós-projetivos; o efeito da tenepes nas projeções conscientes.

Neossinapsologia: a geração de neossinapses pela aplicação de técnicas projetivas; a hipótese de a aplicação dos recursos conscienciológicos projetivos fixar neossinapses extrafísicas.

Ciclologia: o ciclo projetivo; o ciclo projeção-primener na formação do holopensene projetivo.

Enumerologia: o aperfeiçoamento da aplicação das técnicas projetivas pessoais; o aperfeiçoamento do uso dos fatores projetivos pessoais; o aperfeiçoamento das saídas do corpo em série; o aperfeiçoamento da predisposição à projeção consciente; o aperfeiçoamento do nível de investimento pessoal na projeção consciente; o aperfeiçoamento da utilização das posturas projetivas; o aperfeiçoamento do convívio sadio com os amparadores otimizando a projeção consciente.

Interaciologia: a interação amparador-projetor; a interação semperaprendente–amparador técnico da projeção; a interação equipex–equipin de projetores; a interação do grupo volitativo no resgate extrafísico.

Crescendologia: o crescendo sinais precursores–projeção consciente; o crescendo aura projetiva–projeção lúcida; o crescendo aplicação de técnica projetiva–projeção lúcida; o crescendo estado vibracional–projeção consciente; o crescendo minidescoincidência–projeção consciente; o crescendo minirrecurso projetivo–megarrecurso projetivo.

Antagonismologia: o antagonismo deslumbramento / projeção consciente; o antagonismo anticientificidade / autocientificidade catalisando a projetabilidade lúcida.

Paradoxologia: o paradoxo de poder ocorrer perda de lucidez na assistência extrafísica realizada pelo projetor consciente; o paradoxo de o recesso projetivo ser eficiente à evolução do projetor consciente.

Politicologia: a projeciocracia; a conscienciocracia; a lucidocracia; a parapsicocracia; a cosmocracia; a evoluciocracia; a política das boas práticas na projetabilidade lúcida.

Legislogia: a lei do maior esforço; a lei da afinidade influindo nos ambientexes frequentados pelo projetor; as leis extrafísicas atuando sobre o projetor consciente.

Filiologia: a neofilia; a projeciofilia; a tecnofilia; a assistenciofilia; a parafenomenofilia; a multidimensionofilia; a experimentofilia.

Fobiologia: a projeciofobia dificultando a projetabilidade lúcida.

Sindromologia: a síndrome da desorganização; a síndrome da dispersão minando os esforços do projetor consciente.

Maniologia: a mania anticosmoética de bisbilhotar podendo gerar o recesso projetivo.

Holotecologia: a projecioteca; a parapsicoteca; a autopesquisoteca; a assistencioteca; a tecnoteca; a metodoteca; a proexoteca.

Interdisciplinologia: a Projeciologia; a Projeciocriticologia; a Projeciografia; a Extrafisicologia; a Paratecnologia; a Perfilologia; a Proexologia; a Priorologia; a Paraprocedenciologia; a Parapercepciologia.

Perfilologia da aceleração das vivências da Projeção Consciente

Elencologia: a conscin lúcida; a isca humana lúcida; o ser desperto; o ser interassistencial; a conscin enciclopedista.

Masculinologia: o projetor consciente; o acoplamentista; o agente retrocognitor; o amparador intrafísico; o atacadista consciencial; o autodecisor; o intermissivista; o cognopolita; o compassageiro evolutivo; o completista; o comunicólogo; o conscienciólogo; o conscienciômetra; o consciencioterapeuta; o macrossômata; o conviviólogo; o duplista; o duplólogo; o proexista; o proexólogo; o reeducador; o epicon lúcido; o escritor; o evoluciente; o exemplarista; o intelectual; o reciclante existencial; o inversor existencial; o maxidissidente ideológico; o tenepessista; o ofiexista; o parapercepciologista; o pesquisador; o sistemata; o tertuliano; o verbetógrafo; o verbetólogo; o voluntário; o tocador de obra; o homem de ação; o miniprojetor.

Femininologia: a projetora consciente; a acoplamentista; a agente retrocognitora; a amparadora intrafísica; a atacadista consciencial; a autodecisora; a intermissivista; a cognopolita; a compassageira evolutiva; a completista; a comunicóloga; a consciencióloga; a conscienciômetra; a consciencioterapeuta; a macrossômata; a convivióloga; a duplista; a duplóloga; a proexista; a proexóloga; a reeducadora; a epicon lúcida; a escritora; a evoluciente; a exemplarista; a intelectual; a reciclante existencial; a inversora existencial; a maxidissidente ideológica; a tenepessista; a ofiexista; a parapercepciologista; a pesquisadora; a sistemata; a tertuliana; a verbetógrafa; a verbetóloga; a voluntária; a tocadora de obra; a mulher de ação; a miniprojetora.

Hominologia: o Homo sapiens projectius; o Homo sapiens communicologus; o Homo sapiens experimentatus; o Homo sapiens tenepessista; o Homo sapiens multidimensionalis; o Homo sapiens epicentricus; o Homo sapiens despertus; o Homo sapiens evolutiologus; o Homo sapiens autolucidus.

Argumentologia

Exemplologia: minicatálise da projetabilidade = a aplicação do estado vibracional na obtenção da projeção consciente; megacatálise da projetabilidade = a aplicação da autoparapercuciência na obtenção da cosmoconsciência.

Culturologia: a cultura da autexperimentação; a cultura dos saberes multidimensionais; a cultura da Projeciologia; a cultura da autoconscientização multidimensional; a Paracultura da Parafenomenologia; a cultura da interassistencialidade; a cultura da evolução pessoal.

Acabativa

Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabética, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas centrais, evidenciando relação estreita com a catálise da projetabilidade (Aceleração das vivências da Projeção Consciente), indicados para a expansão das abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:

  1. Acolhimento assistencial extrafísico;
  2. Alternância interdimensional;
  3. Autoconscientização multidimensional;
  4. Autolucidez consciencial;
  5. Autoparapercepciologia ideal;
  6. Autovivência pró-ofiex;
  7. Consciência cosmoética;
  8. Hiperacuidade;
  9. Multidimensionalidade consciencial;
  10. Parapsiquismo;
  11. Projetor-auxiliar dessomaticista;
  12. Propulsor da vontade;
  13. Sinalética parapsíquica;
  14. Tara parapsíquica;
  15. Teto parapsíquico.

A aceleração das vivências da Projeção Consciente (catálise da projetabilidade) é a aceleração resultante da inteligência evolutiva aplicada pelo pesquisador, no exercício da interassistencialidade auto lúcida e interdimensional.

Você já implantou rotina útil com a aplicação dos recursos aceleradores das vivências da Projeção Consciente?

Qual a técnica mais funcional para a ampliação do alto desempenho projetivo?

Referências

#parePraPensar com a gente

Clique aqui – Fale conosco

#ParePraPensar

Pare, respire, feche os olhos. Assente-se em um local confortável, onde você se sinta bem e tranquilo(a). Mantenha sua coluna ereta, assim melhora a circulação das energias, a circulação sanguínea e sem a pressão do apoio.

Agora: OBSERVE OS PENSAMENTOS!

Rolar para cima